Porto Alegre, 10 de dezembro de 2017

Supervisão

Destina-se a profissionais e estudantes de diferentes áreas de trabalho  (psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas, professores, coordenadores de
equipes e profissionais de RH) que buscam maior suporte para qualificar seu trabalho.

A supervisão constitui-se em um espaço de aquisição de novos conhecimentos que se produzem na inter-relação supervisor-supervisionando, contextualizada institucional e socialmente, buscando ampliar as possibilidades de leitura e conseqüentemente intervir na realidade.

Esse dispositivo de aprendizagem, de análise e de construção da ação do supervisionando, visa a complementação de sua formação profissional. É um lugar de acolhimento e análise das necessidades emocionais e afetivas do supervisionando eventualmente mobilizadas pelo conteúdo e situação de seu trabalho, bem como o de orientação de estudos.

 

SUPERVISÃO CLÍNICO-INSTITUCIONAL – GRUPAL

 

Objetivos

Constituir um espaço continente para acolher e analisar as demandas de trabalho em serviços substitutivos da rede de atenção em saúde na perspectiva da formação das equipes, da gestão do serviço, da clínica ampliada, do projeto terapêutico institucional, do projeto terapêutico singular, em consonância com as políticas públicas.

 

Método de trabalho

A Supervisão Clinico-Institucional Grupal, se dará em um grupo aberto que contemple as demandas do cotidiano de trabalho dos integrantes, incluindo discussão e debate na compreensão dos processos dos sujeitos, grupos e institucionais nele envolvidos.

 

Período

 

  • Encontros quinzenas de três horas de duração aos sábados, das 9h às 12h. por um período de 6 (seis) meses com avaliações periódicas
  • Início: 25 de maio de 2013

A quem se destina
Psicólogos, enfermeiros, médicos, assistentes sociais, gestores, técnicos nas diversas áreas da saúde, profissionais dos serviços substitutivos, residentes.

 

Investimento

Parcelas de R$ 150,00 pagas no dia do primeiro encontro de cada mês.

 

Supervisora Clínico-institucional
Branca Regina Chedid
(CRP-07/610). Graduação em Psicologia- PUCRS (1974); Especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho pelo CRP 07, Especialista em Análise Institucional pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – 2006. Sócia do Instituto de Psicologia Social de Porto Alegre Pichon-Rivière; ex-participante de equipes de psicologia em hospitais de grande porte durante vários anos; ex-assessora técnica da Pró-Reitoria de Administração e Planejamento da UERGS; experiência em avaliação, atendimento individual, grupal e de familiares de dependentes químicos; analista institucional em organizações de ensino, trabalho e saúde. Professora da disciplina de Análise Institucional no Curso de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional do Esade. Supervisora clínico-institucional de CAPS I, II, AD e CAPSIA pelo Ministério da Saúde.

 

Copyright © 2004